Resident Evil 7: Biohazard ainda envia um milhão de cópias por ano

Quem sou
Marie-Ange Demory
@marie-angedemory
REFERÊNCIAS EXTERNAS:

reddit.com minecraftforum.net foroactivo.com

FONTES CONSULTADAS:

tdk.com epicgames.com game.es

Autor e referências

A família Baker ainda criando o inferno

Em 2022, a Capcom redefiniu sua principal série de terror de sobrevivência com o lançamento de Resident Evil 7: Biohazard. Revestida em tons sépia miseráveis, ostentando uma nova perspectiva em primeira pessoa e alimentada por um motor totalmente novo, a sequência Southern Gothic ajudou a reinventar a franquia - oferecendo um novo estilo visual e fisicamente. -melhorar a ação, e conhecimento intrincado das entradas passadas.



E parece que a experiência sombria e horrível do protagonista Ethan Winters ainda alimenta os pesadelos dos fãs até hoje. Em uma nova entrevista com Games Industry.biz, o COO europeu da Capcom, Stuart Turner, revelou que a sequência, agora com quase quatro anos, ainda envia cerca de um milhão de cópias anualmente, com vendas totais estimadas em 8,5 milhões de cópias. Turner observa isso com um credo de marketing simples, mas eficaz, de que "qualidade vende e continuará a vender por muitos e muitos anos".

Desde o lançamento de Resident Evil 7, a Capcom viu sua sorte mudar com uma série de excelentes lançamentos. Estes incluem os remakes para PlayStation de Resident Evil 2 e Resident Evil 3, a sequência cinética Devil May Cry V e o lançamento mais vendido de todos os tempos, Monster Hunter: World. Ainda assim, parece que as façanhas da Família Baker continuam a horrorizar novos jogadores todos os anos - e com o título chegando à plataforma Stadia no próximo mês, seu reinado de terror continua longe de terminar.



Adicione um comentário do Resident Evil 7: Biohazard ainda envia um milhão de cópias por ano
Comentário enviado com sucesso! Vamos analisá-lo nas próximas horas.